Jack Vasconcelos

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Poeta- Augusto dos Anjos

Google images

Augusto dos Anjos é um poeta que vai além das características modernas ou simbolistas de uma época.
Carregado de uma linguagem única, beirando o sobrenatural da arte poética, esse escritor teve em sua vida a intensidade de suas letras.
Quer conhecer mais? Então vem! :)




O poeta
Augusto de Rodrigues Carvalho dos Anjos,nasceu em Abril de 1884 na cidade Cruz do Espírito Santo. Com estilo poético dificil de definir, recebeu alcunha de Parnasiano, Pré Moderno e até mesmo Simbolista.
Em sua literatura foi influenciado por Herbet Spencer e Ernst Haeckel como forma de desafiar sua concepção sobre a morte. Grande questionador da vida, Augusto dos Anjos também buscou na Biblía e em outros escritores respostas para as vulnerabilidades vividas pelo Homem.



A obra

O conteúdo artístico de Augusto dos Anjos e sua obra pode ser dividida em três fases:
Fase do Simbolismo, fatidicamente aplicada aos poemas  Saudades e Versos intímos.
Fase visão de Mundo, analítico como no poema Psicologia de um vencido.
Fase final e mais madura de sua obra que compreende o poema Ao luar.

Ele traz em sua obra elementos fundamentais para quebrar a arte da poética, usando palavras como : Horrendo, escarro, vermes, podridão, escárnio e outras.
Transpôs em sua linguagem um novo dicionário de achados, onde o leitor é obrigado a encontrar o significado além do entendimento. A melancolia e a criatividade esbarram diretamente na temática do poeta.

Augusto dos Anjos foi um visionário pois usava palavras consideradas por muitos inadequada ou estranha. Uns diziam que ele usava bula de remédio para explicar a morte biologicamente em seus poemas.
Devido a essa sua obsessão, ficou conhecido como o 'Poeta da morte'.

Ele ocupa a cadeira número 1  na Academia Paraibana de Letras




Poesia

Versos íntimos

Vês! Ninguém assistiu ao formidável
Enterro de tua última quimera.
Somente a Ingratidão - esta pantera -
Foi tua companheira inseparável!
Acostuma-te à lama que te espera!
O Homem, que, nesta terra miserável,
Mora, entre feras, sente inevitável
Necessidade de também ser fera.
Toma um fósforo. Acende teu cigarro!
O beijo, amigo, é a véspera do escarro,
A mão que afaga é a mesma que apedreja.
Se a alguém causa inda pena a tua chaga,
Apedreja essa mão vil que te afaga,
Escarra nessa boca que te beija!

Obra: Eu (1912)


Soneto

Canta teu riso esplêndido sonata,
E há, no teu riso de anjos encantados,
Como que um doce tilintar de prata
E a vibração de mil cristais quebrados.

Bendito o riso assim que se desata
- Citara suave dos apaixonados,
Sonorizando os sonhos já passados,
Cantando sempre em trínula volata!

Aurora ideal dos dias meus risonhos,
Quando, úmido de beijos em ressábios
Teu riso esponta, despertando sonhos...

Ah! Num delíquio de ventura louca,
Vai-se minh'alma toda nos teus beijos,
Ri-se o meu coração na tua boca!
Augusto dos Anjos






Onde comprar:

Saraiva clique aqui e aqui 
Cultura clique aqui e aqui 


28 comentários:

  1. Que nostalgia, Augusto dos Anjo foi meu primeiro poeta preferido hahaha. Eu sou completamente apaixonada por suas obras, esse ar melancólico, essa paixão mortífera com que ele escreve simplesmente me encanta. Divino. Adorei o post.

    Beijo.
    http://www.tendadoslivros.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que nostalgia, Augusto dos Anjo foi meu primeiro poeta preferido hahaha. Eu sou completamente apaixonada por suas obras, esse ar melancólico, essa paixão mortífera com que ele escreve simplesmente me encanta. Divino. Adorei o post.

    Beijo.
    http://www.tendadoslivros.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo poesias também e esse autor é pra poucos com certeza. Obrigada pelo comentario <33

      Excluir
  3. Eu não gosto de poema :(((((((((((((( queria aprender a gostar sabe ?

    http://1001julietas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahh que pena, mas tem muita literatura boa por aí ^^ obrigada por comentar flor <33

      Excluir
  4. Eu não gosto muito de poemas apesar de ser formada em letras, rsrs.
    Beijos!

    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que literatura cada um tem uma preferência ^^ obrigada por comentar

      Excluir
  5. Eu não curto muito poemas, o que é uma pena :(!

    pequenos-exageros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza mas o importante é gostar de ler e de conhecer :)

      Excluir
  6. Eu já conhecia e adoro. Estudei sobre ele na faculdade, um exemplo. Todos deviam conhecer sua obra.

    http://www.mayaravieira.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tambem acho q todos deveriam conhecer sua obra ^^ obrigada por comentar!

      Excluir
  7. Não conheço muita coisa, mas o Soneto eu já havia lido..acho lindo a última estrofe...e gostei muito de Versos Intimos, bem forte .
    beijos
    www.vivianenobre.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é lindo esse soneto, obrigada por comentar!

      Excluir
  8. Quanta coisa linda, poesia maravilhosa, Me sinto muito ignorante e sem cultura quando chego aqui, pois desconheço tanta coisa maravilhosa que tu apresenta aqui ha

    http://www.leitecombiscoitos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha imagina, a gente aprende sempre um pouquinho mais todos os dias ^^ beijo

      Excluir
  9. Eu não o conhecia, acho que pelo fato de não ser tão fã de poesias antigas...
    Mas achei bacana você compartilhar.
    Beijos.

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. poesias sao uma parte muito culta da literatura :) que bom que gostou e comentou. beijos

      Excluir
  10. Igualzinho nos tempos de escola! Saudade desse tempo (:
    Seguindo!

    Beijos! ♥
    Blog | Instagram | Canal no Youtube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou, obrigada por comentar ^^

      Excluir
  11. Adorei a dica, lindos poemas! Segui seu blog :) Beijos


    http://senhoritadeallstar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adoro poesia e tive a felicidade de ter um avô poeta. Quando mais nova eu escrevia muito bem, tinha uma inspiração incrível.

    Visite-me em https://vidagourmetblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Já estudei muuuuito sobre ele em Literatura na escola.
    bjs
    blogtrashrock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Adoro esses posts seus Jack! Não conhecia ele, mas já me interessei e procurei mais poesias >.< Você sempre dá dicas divas!

    Um beijo grandããão!!
    Cá do Aquela Princesa

    ResponderExcluir
  15. Eu amo poemas...e meus preferidos são os sonetos =)
    o soneto que mais me emociona é o de Camões - o amor é fogo que arde sem se ver.
    Beijos.
    Blog GuriasGata

    ResponderExcluir
  16. Augusto dos Anjos tem um quê de tristeza e nostalgia, e nos faz perceber que somos tão tão poucos, que equivale a nada.. rs
    Muito profundo. Fiz muuuitos trabalhos sobre ele nas aulas de literatura (minha grande paixão), Florbela também é um encanto de poetisa!
    Blog lindo! Blogueira linda! Beijos de uma futura noiva...


    futura-noiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. AMO ver posts culturais! nossa, amei ver sobre o augusto dos anjos. tive que apresentar a biografia dele na escola e me apaixonei.
    parabéns pelo blog <3 estou te seguindo.
    beijão <3
    www.renatacaparroz.com

    ResponderExcluir
  18. Um dos mais belos poetas na minha opinião. Gosto tanto que até dei o mesmo nome ao meu filho, Augusto =)
    Seu blog é lindo, estou seguindo também!

    Beijos.
    Tribo Alternativa

    ResponderExcluir

Atriz por amor e profissão. Devido a um sonho antigo, decidiu escrever seu primeiro livro chamado Nephesh de cada dia e se aventura a ser escritora. Modelo e pintora nas horas vagas. Viciada em Arte, família, Jesus, animais, livros, games e guitarras.

Youtube Facebook Twitter Instagram

Site oficial: JackVasconcelos.com.br/

:: Youtube ::

Bem vindos ao meu canal, clica e já se inscreve! Tem vídeo novo toda quarta-feira. Um pouquinho do meu mundo pra vocês: arte, moda, inspirações, livros e tudo que a gente gosta.

:: Fanpage ::

:: Meu livro ::

Twitter AgBooks Amazon Clube dos autores

Nephesh de cada dia é o retrato letrado da espiritualidade moderna.Poesias que refletem a condição e o acordo Humano dia após dia em busca do conhecimento.

::Meus quadros::


A cada traço um meio de revelar a alma e o corpo através das cores.

Parcerias

Overshock Overshock